sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Benfica campeão

Olá cambada! Tudo bem? Eu estive em crise porque pensei:
''- Opá, lá vai o Benfica começar a nova época, lá vêm as desgraças, as derrotas e os árbitos pra cima de nós.''
Mas até agora só aconteceu uma dessas três coisas (3ª), assim até me vêm as lágrimas aos olhos com as exibições desta grande equipa. Finalmente Jesus decidiu-se e acabou por estar na frente deste clube histórico, (embora na maior parte dos jogos se vejam diabos à solta), mas tudo bem, se continuarmos assim acho que conseguimos voltar à nossa antiga glória, no tempo em que o estádio enchia para ver um jogo que ainda há pouco tempo era visto por uns poucos milhares de almas ainda com esperança, o público sentia na pele o jogo, as multidões vibravam, pessoas zangadas e chateadas que se uniam para ver a águia a derrubar cada adversário que a enfrentava, estávamos no topo!! Nessa altura as pessoas choravam pelo Benfica, seja qual for o resultado estávamos lá, prontos para tudo pelo nosso clube do coração. Este ano sinto a confiança e a alegria a fluir, sinto que estamos mais fortes e prontos a sermos campeões outra vez. Ora este ano, em que temos jogadores, staff, direcção e treinador fabulosos, Portugal tem na frente aquele cepo que estava bem mas era a treinar o Eléctrico de P. Sôr. Mas paciência, não se pode ter tudo.
E quero dar os parabéns ao Jorge Jesus, aos jogadores, à equipa técnica, ao grande Rui Costa, ao Luís Filipe Viera, ao Eusébio e a todos os Benfiquistas de coração.
Avante Campeão!!!

sábado, 11 de julho de 2009

As más influências de Sócrates - Don Corleone

video

As eleições estão perto e o PS precisa de toda a ajuda possível para tentar não ficar em último nas votações, o que será melhor do que pedir a um mafioso famoso para tornar o Benfica campeão? Assim de repente só vejo duas coisas melhores, pôr adesivo na boca da Júlia Pinheiro e assistir a uma tourada com o Manuel Pinto, (em que ele é que é o touro).
Bem, de qualquer maneira só quero dizer duas coisas - Uma é Benfica champion e a outra é shut the fuck up!!

p.s. O mafioso não é o Rui Costa.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

TVI - Mercado de transferênciads do Real Madrid

Bem, é o começo de uma nova época no futebol e os treinadores têm que preparar as suas equipas para os desafios da nova época. O caso do Real Madrid, por exemplo, que contratou jogador mais panisga, amaricado e feio do mundo, o Cristiano Ronaldo, por apenas 94 milhões de euros, (época de saldos), e ,também, o macho men do momento, Kaká, este também saiu muito barato, por apenas 65 milhões de euros. Eu não os censuro por comprarem um gay e um macho, assim talvez se juntem e se tornem pessoas normais como o Francisco Moita Flores ou o Vítor Constâncio. Ouvem-se rumores de estarem a tentar contratar o José Veiga para relações públicas e financeiras do clube, mas são apenas rumores, eu apostava mais no João Moutinho ou no Rita Pereira, mas isso é apenas a minha opinião. Bem, é tudo por hoje, acabamos assim de interromper os morangos com açúcar onde o Tomé e a Catarina vão comprar um par de meias e a Aurora vai fazer uma tosta de queijo, estando o queijo estragado ela apanha uma intoxicação alimentar e vomita no casaco novo do pai que lhe dá com o cinto, ou então continuem a tentar saber quantas oreo cabem na boca da Manuela Moura Guedes.
Adeus e boa tarde.

ATENÇÃO, NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA, Odivelas contrata José Sócrates como engenheiro, pois está a construir um novo estádio e precisa de um engenheiro experiente como o Zé.
Calma, temos Sócrates em directo e está a dizer-nos que o novo estádio do Odivelas será na OTA ao pé do aeroporto ou então fará parte do Freeport. Que notícia!! Já podem ir ver os Morangos.
Até já.

sábado, 20 de junho de 2009

Aula de Estatística

Estou muito contente comigo mesmo. Mais contente ainda do que o Xô Sócrates Bambizinho. E estou-o por força do convite que o meu primogénito me endereçou para abrilhantar esta coisa baça que ele para aqui tem. Venho com a intenção de iluminar as mentes perdidas que vêm para aqui gastar tempo em vez de estarem a trabalhar a favor da nação.
A primeira aula é de estatística. Falemos, pois, de probabilidades.


video

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Casting

Estava a ver que não! Foi preciso contratar uns gajos para baterem ao puto (o gajo anda no karaté, e eu ando empenado das costas) até ele me mandar um convite para poder largar aqui uns caroços.
Só para abrir a boca, mostro aqui o casting dos gajos que lhe deram a porradona.
Até logo, cambada.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Barquinha em festa

Bem, as festas da Barquinha foram há uns dias. Só falei das festas agora porque estava ressacado de mais para falar delas mais cedo. Foram um bocado seca, mas tá-se bem. Vieram cá uns gajos malucos do custom circus cantar e deitar fogo de artificio para a nossa cabeça.
Um blog onde podem encontrar fotos e vídeos das festas é www.oirazann.blogspot.com
Peace!!

sábado, 30 de maio de 2009

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Marretas - mana

video

Partido SOCIALISTA!!


Yupi, viva o partido socialista!! Viva os pokemons!!
Bem, eu sinceramente, com esta imagem, fico logo a perceber porque é que o partido é socialista. Nesta imagem vê-se o afecto que os do partido têm por eles próprios e por nós. Não acham?
VIVA OS POKEMONS!!!!

Karl Marx

Karl Marx - o ''pai'' do Comunismo

Economista, filósofo e socialista alemão, Karl Marx nasceu em Trier em 5 de Maio de 1818 e morreu em Londres a 14 de Março de 1883. Estudou na universidade de Berlim, principalmente a filosofia hegeliana, e formou-se em Iena, em 1841, com a tese Sobre as diferenças da filosofia da natureza de Demócrito e de Epicuro. Em 1842 assumiu a chefia da redação do Jornal Renano em Colônia, onde seus artigos radical-democratas irritaram as autoridades. Em 1843, mudou-se para Paris, editando em 1844 o primeiro volume dos Anais Germânico-Franceses, órgão principal dos hegelianos da esquerda. Entretanto, rompeu logo com os líderes deste movimento, Bruno Bauer e Ruge.

Em 1844, conheceu em Paris Friedrich Engels, começo de uma amizade íntima durante a vida toda. Foi, no ano seguinte, expulso da França, radicando-se em Bruxelas e participando de organizações clandestinas de operários e exilados. Ao mesmo tempo em que na França estourou a revolução, em 24 de fevereiro de 1848, Marx e Engels publicaram o folheto O Manifesto Comunista, primeiro esboço da teoria revolucionária que, mais tarde, seria chamada marxista. Voltou para Paris, mas assumiu logo a chefia do Novo Jornal Renano em colônia, primeiro jornal diário francamente socialista.

Depois da derrota de todos os movimentos revolucionários na Europa e o fechamento do jornal, cujos redatores foram denunciados e processados, Marx foi para Paris e daí expulso, para Londres, onde fixou residência. Em Londres, dedicou-se a vastos estudos econômicos e históricos, sendo freqüentador assíduo da sala de leituras do British Museum. Escrevia artigos para jornais norte-americanos, sobre política exterior, mas sua situação material esteve sempre muito precária. Foi generosamente ajudado por Engels, que vivia em Manchester em boas condições financeiras.

Em 1864, Marx foi co-fundador da Associação Internacional dos Operários, depois chamada I Internacional, desempenhando dominante papel de direção. Em 1867 publicou o primeiro volume da sua obra principal, O Capital. Dentro da I Internacional encontrou Marx a oposição tenaz dos anarquistas, liderados por Bakunin, e em 1872, no Congresso de Haia, a associação foi praticamente dissolvida. Em compensação, Marx podia patrocinar a fundação, em 1875, do Partido Social-Democrático alemão, que foi, porém, logo depois, proibido. Não viveu bastante para assistir às vitórias eleitorais deste partido e de outros agrupamentos socialistas da Europa.

Primeiros trabalhos:

Entre os primeiros trabalhos de Marx, foi antigamente considerado como o mais importante o artigo Sobre a crítica da Filosofia do direito de Hegel, em 1844, primeiro esboço da interpretação materialista da dialética hegeliana. Só em 1932 foram descobertos e editados em Moscou os Manuscritos Econômico-Filosóficos, redigidos em 1844 e deixa-os inacabados. É o esboço de um socialismo humanista, que se preocupa principalmente com a alienação do homem; sobre a compatibilidade ou não deste humanismo com o marxismo posterior, a discussão não está encerrada. Em 1888 publicou Engels as Teses sobre Feuerbach, redigidas por Marx em 1845, rejeitando o materialismo teórico e reivindicando uma filosofia que, em vez de só interpretar o mundo, também o modificaria.

Marx e Engels escreveram juntos em 1845 A Sagrada Família, contra o hegeliano Bruno Bauer e seus irmãos. Também foi obra comum A Ideologia alemã (1845-46), que por motivo de censura não pôde ser publicada (edição completa só em 1932); é a exposição da filosofia marxista. Marx sozinho escreveu A Miséria da Filosofia (1847), a polêmica veemente contra o anarquista francês Proudhon. A última obra comum de Marx e Engels foi em 1847 O Manifesto Comunista, breve resumo do materialismo histórico e apelo à revolução.

O 18 Brumário de Luís Bonaparte foi publicado em 1852 em jornais e em 1869 como livro. É a primeira interpretação de um acontecimento histórico no caso o golpe de Estado de Napoleão III, pela teoria do materialismo histórico. Entre os escritos seguintes de Marx Sobre a crítica da economia política em 1859 é, embora breve, também uma crítica da civilização moderna, escrito de transição entre o manuscrito de 1844 e as obras posteriores. A significação dessa posição só foi esclarecida pela publicação (em Moscou, 1939-41, e em Berlim, 1953) de mais uma obra inédita: Esboço de crítica da economia política, escritos em Londres entre 1851 e 1858 e depois deixados sem acabamento final.

Em 1867 publicou Marx o primeiro volume de sua obra mais importante: O Capital. É um livro principalmente econômico, resultado dos estudos no British Museum, tratando da teoria do valor, da mais-valia, da acumulação do capital etc. Marx reuniu documentação imensa para continuar esse volume, mas não chegou a publicá-lo. Os volumes II e III de O Capital foram editados por Engels, em 1885 e em 1894. Outros textos foram publicados por Karl Kautsky como volume IV (1904-10).

O brasão da União Soviética

domingo, 10 de maio de 2009


Estou de volta!!

Estou de volta!!
Oi pessoal, tiveram saudades minhas?
Eu também não, mas vamos directos ao assunto, fiz anos anteontem. Só escrevi agora porque 6ª feira fiz anos e tava ocupado e porque ontem tava com a ressaca. Bem, passou-se muita coisa enquanto eu tive sem escrever. Os contemporâneos voltaram, o Sócrates falou muito, o Vital Moreira levou nos cornos, (devia ter levado mais), a Manela Ferreira Leite aprendeu a fazer canja de galinha e apareceu a gripe suina. Tanta novidade, ai meu deus!! Mas o pior que aconteceu, foi ................................. que os fundadores do Pirate Bay, (site pirata) foram paraa prisão e tiveram que pagar uma multa de 3500000 de euros. Eu acho mal, porque toda a gente faz downloads, toda a gente faz downloads, se calhar até o juiz que os julgou faz downloads. Agora uns palhaços quaisqueres do parlamento europeu quiseram fazer aprovar uma lei que dava para ver quem é que fazia downloads, não foi aprovada, e agora estão a pensar numa forma para venderem a internet como se vende a TV por cabo, num pacote vêm uns determinados sites e só pode navegar neles.
Uma tristeza!! Viva os suecos, viva o pirate bay!! Viva o enfadonho!! Por falar em enfadonho nunca mais falei nele, e foi ele que me levou a criar este blog, pois bem, diz a lenda que está em casa do meu amigo Pedro. Mas não sei não, cá para mim já morreu. Nunca se sabe. Se eu o vir eu digo. Viva o Pirate Bay !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Lindo, mesmo bonito, que curvas, uau

O cão mais bonito do planeta - Bulldog inglês
Não estou a brincar

domingo, 12 de abril de 2009

E ainda dizem que são os cães que atacam as pessoas!

Um sniper da nova geração

E ainda dizem que os cães é que são perigosos. Até fizeram uma lei em que uns certos cães que dizem eles serem perigosos terem de ser castrados. Uma vergonha. É o que é. Se os cães são perigosos os gatos são o quê? Terroristas? Porque não são os cães que são perigosos, são os donos. Uma pessoa da minha terra tem um pitbull e é um cão muito sociável e meigo. A minha caniche toy é mais perigosa que aquele pitbull, mas isso é pelo temperamento daqueles cães. Porque os cães mais pequeninos assustam-se com tudo, têm ciumes dos outros cães e podem até morder no dono. O meu irmão tem três ou quatro cicatrizes feitas pela caniche. Os cães que são considerados perigosos são cães como o pitbull, o bull terrier, o rottweiler, o doberman e mais uns quantos cães que se forem educados como deve ser tornam-se excelentes cães de companhia. Aliás, nas minhas 4 enciclopédias dos cães na maioria, senão em todos os cães considerados perigosos está lá assim
por exemplo''Bull Terrier - Cão de companhia e guarda x kilos, ...''
Geralmente, não digo que é toda a gente, mas geralmente uma pessoa quer um cão desses para se gabar e dizer:
- Olha eu tenho um pitbull, dá cabo do teu. Olha eu tenho um pitbull, brutal e não sei o quê.
Essas pessoas que compram os cães só para dizer que têm acabam por não lhes dar atenção. ficam acorrentados na rua, não vão à rua com eles e se calhar tratam-nos mal. Se por acaso o cão se soltar o dono pode ter graves problemas. Para ter um cão desses, que têm um temperamento mais instável que os outros cães, é preciso estar sempre com eles, dar-lhes atenção, passear duas vezes ou uma vez por dia com o cão para ele gastar as energias, ter muita calma e ter o pulso firme, ou seja, saber mostar quem manda mas sem recorrer à violência e sem grandes excitações. Assim o cão aprende o que deve ou não deve fazer e não é preciso prende-lo ou fechá-lo. Os dobermans como são um cão que foi criado em laboratório podem ter problemas como o cérebro crescer de mais e o cão enlouquecer. São cães com um temperamento instável, mas se forem bem educados e tiverem muita atenção e carinho tornam-se um excelente companheiro e também guarda. Porque há maneira de ser um cão calmo e de companhia e ao mesmo tempo de não gostar de ter estranhos dentro ou ao pé da sua casa. Aliás, a lei que foi aprovada sobre proibirem os cães de se reproduzirem levando à sua extinção, (graças a Deus que há pessoas que não o fazem), é uma perfeita idiotice. Bastava ser obrigatório os cães considerados ''perigosos'' terem de andar com açaime na rua e as pessoas que os vendem vissem
primeiro como é a pessoa a quem vão vender o animal, verificassem as suas condições e o modo como lidaria com o cão. Pelo menos ser obrigatório o uso de açaime do cão na rua. Porque o cão reage da forma como foi educado.

sábado, 11 de abril de 2009

Improviso

Olá, como não tenho nada para fazer e não me apetece pensar nalguma coisa para realizar apressadamente antes de lanchar decidi escrever para os milhões de leitores que seguem apaixonadamente o meu blogue, ou seja:
1- o meu pai
2- o paspalho do meu ''irmão''
3 - eu
4- Alguns amigos do meu pai, acho eu. (ainda não está cientificamente provado)
5 - o meu tio que vive no estrangeiro
6 - o meu outro tio que vive cá em Portugal

Como vêm é muita gente. Bem, vamos lá ao que interessa, ou seja, eu sou espectacular, a sério, se forem à lista de pessoas mais espectaculares vão ver isto:
1- Eu
2- Mantorras
3- Eusébio
4- Nélson Évora
5- Camacho
6- Sócrates, (o grego)
7- Sócrates, (o antigo jogador brasileiro)
8- Emplastro
9- O Leitão
10- Manuela Ferreira Leite

Lista produzida e inventada agora mesmo por mim, sou memo bom, até mete impressão ver o quanto eu sou bom.

Ou seja eu sou bué bom e espectacular.
Bem, vamos para de falar de mim e vamos falar de outra coisa, tipo........ EU!! Isso mesmo, vamos falar sobre eu. Eu sou e basta-me. Eu sou. Só com duas palavras consigo dizer alguma coisa com jeito, agora o Engenheiro Zé Sócrates talvez numa década, para não exagerar, consegue dizer pelo menos meia coisa de jeito, tipo:
''- O Benfica é bom mas o Porto tem mais hipóteses de ganhar a liga.''
Não disse que era mentira mas prontos, é daquelas coisas que se diz sem pensar. Uma vergonha é o que é. Bem, vamos lá ao que não interessa. Esta semana, aliás, ontem, comi peixe duas vezes. DUAS VEZES. O que é que se passa na cabeça das pessoas. Ainda que fosse leitão, mas não, era PEIXE, PEIXE!!!! Bem, algumas pessoas disseram-me que era quinta-feira santa, pois eu acho muito bem que haja dias santos, mas dai até comer peixe duas vezes num dia. Chiça penico.
Bem, vou comeri, até já people.

Boneco ou boneca?



Ganda nariz, como é que ela, bem ele, bem não interessa, faz para se assoar?

O corte de cabelo que faz inveja ao Miguel Veloso e ao seu cabelinho à foda-se

Quero um corte igual aquele. Brutal, vou começar a gostar de me ver ao espelho de manhã.

Um exemplo de uma pessoa com cara de cu


Tás com má cara meu, o que é que se passa? Tás com diarreia?

terça-feira, 7 de abril de 2009

My life

1 Capítulo - O começo de algo maravilhoso (eu)

Bem, num lindo dia nasceu uma criança num hospital em Santarém e pelos seus músculos, peitorais, inteligência e bom gosto pensou-se logo que nos salvaria do caos total que estava para vir. Essa criança era metade super-homem metade Deus e um terço protuguês, vesse pla calirgafia. Essa criança que fez todas as pessoas terem um resto de esperança era e sou eu. à pois, é verdade, vindo de Portugal, com 51 kilos Crazy John. Eu tinha de ter uns pais igualmente bonitos e inteligentes como eu, por isso deram-me três pais, o Bill Gates, a Madonna e o John Rambo ( S. Stallone), o último para me preparar as papas de soldado que ele comia no Vietname (WC com mini-fridge), leitão e batatas fritas. Só que um dia estragou-se tudo. Eu estava zangado porque me deram cabrito em vez de leitão e disse que adorava o Schwarznegger, a Britney Spears e a Apple. Passaram-se, ficaram tão chateados que me puseram a viver debaixo da ponte com rações de cabrito e vinho cabeça d'Toiro.
Um dia um senhor, dizem ser marado da cabeça, viu-me e levou-me para casa dele. Eu acho que no momento ele precisava de um gajo para trabalhar no cargeiro dele que levava Serras da Estrela e Rafeiros Alentejanos para a China. Mas acho que arranjou um gajo chamado Bush, não faço ideia de quem seja, e fiquei a viver com ele (homem a quem chamo pai), a sua mulher (minha mãe) e um Cão (JUBA). Entretanto nasceu um paspalho a quem chamam filho querido ou então hiperactivo (meu irmão dizem eles, eu cá não tenho provas). Fiquei lá com um gajo que só dizia Bibi (biberão) e se babava e dizia nbbbhbhghgnbmnfgj. Tchhh, que anormal. Viviamos no Entroncamento nessa altura. Bem fico por aqui, não percam a continuação da história que vou editar num destes dias se não tiver que ir salvar o Planeta. Se virem um tigre por aí é meu. É o meu secretário.


2 Capítulo - Nova escola e novo lar.

Bem ka estou eu outra vez. Bem já encontrei o meu secretário, tá de castigo e sem poder comer atum em lata.
Bem, vamos lá ao que interessa, bem nessa altura, como disse atrás, vivíamos num apartamento no Entroncamento. A minha Mãe e o meu Pai foram comigo à procura de uma escola para mim. Entramos numa em que eu vi um gajo com parvo e com o nariz sujo, ou seja, fiquei logo a achar aquilo um lugar pouco seguro para deixar um génio de 3 aninhos. Sim, porque o ranho de pessoas com cara de parvo é como a kriptonite para o Super-Homem.
Os meus pais deixaram-me com uma prof. toda marada com ar de quem teve a fumar uns charros e sairam porta fora, sem olharem uma última vez, tchh, vergonhoso. Perguntei aterrorizado onde poderiam estar os meus progenitores e ela disse-me que eles não voltavam.
Choque brutal para uma criança de 3 anos que foi deixada sozinha com uma prof. marada e ganzada. Desatei a berrar, a gritar, a esbracejar e a ''dizer unhé unhé unhé mãe eu quero a mãe!!''
Quando os meus pais voltaram eu fui a correr para eles e recomendei-lhes que a processacem e que era melhor pedir uma indmização pelo abalo psicológico a que fui sujeito. Mas não, acalmaram-me e falaram com a maníaca com quem eu tive a última meia-hora e levaram-me a outra escola. João de Deus. Outra escola de papa-açordas. Tchh, fiquei numa sala com uma prof. chamada Sandra a berrar. Os meus pais vieram-me buscar depois de uma grande espera da minha parte, e dessidiram-me por naquela escola. Passei lá os que deviam ter sido os melhores anos da minha vida. Bem, que se lixe. Tive nessa escola até ao primeiro ano. Tive duas profs. fixes, uma chamada Sandra e outra chamada Isabel. Mas a directora Isabel, era outra pessoa, não era a minha prof., fez mrda e depois mentia em frente à minha mãe e, chocante, bateu no meu irmão por ele ter tido medo do alarme de incêndio que disparou. (não que eu me importe, mas se aquilo fosse feito como deve ser tinha ganho direito a uma indmização, isto se a pusesse em tribunal.) Ele teve esta reação porque uma vez fizeram um simulacro de incêndio, uma porcaria foi o que foi. Evacuaram-nos das salas e encaminharam-nos sabem para onde?, para o lado das butijas de gás e daqueles canos todos. Uma vergonha. Só que os putos pensaram que era a sério e desataram a chorar. My brother and his gang. Bem, alguns putos aterrorizados a chorar baba, ranho e uma coisa que eu desconheço foram levados para ao pé de uns bombeiros com máscaras que fingiam socorrer os pobres miudos. Houve putos que se borraram todos de medo. Borrados nos três sentido, medo, mijados e borrados a sério. Veio daí a choradeira do meu irmão. Bem, cheguei ao primeiro ano e mudei de escola e de casa. Fui viver para a Barquinha.
Casa agradável, meu actual lar, e escola sem bibes. O que é que podia pedir mais? À, já sei, podia pedir Leitão. Bem, de principio foi estranho mudar de escola outra vez mas lá me desenrrasquei. Jogávamos à bola e à calhoada. Tinhamos uma prof. brutal. Chamava-se prof. Elsa. Tava no 3º ano. Passei do 1º ano pró 3º porque a matéria que davam nas duas escolas era diferente. Tinha uma turma fixe, isso é verdade e também tinha um vizinho que andava no 4º ano nessa altura e que todos os dias ia para minha casa. Brincavamos com o playmobil, eu e ele tinhamos um barco de corsários bué artilhado e o meu irmão tinha o barco dos piratas, também fixe, mas menos artilhado e mais pequeno que o nosso. Crescemos e ele foi para o 5º enquanto eu fui para o 4º. Passamos a vernos menos. Nesse ano é que a turma tava fixe. Brincávamos mais à calhoada, continuavámos a jogar à bola e, como a nossa sala e a do primeiro ano estavam separadas por armários dava para mandar coisas por cima dos armários. Guerra total. Quando a prof. Ana Maria (acho eu), tinha reunião à tarde é que era fixe tinhamos a tarde toda sem ninguém na sala. Só tinhamos que contar com as visitas de 20 em 20 minutos da dona Fátima. Iamos para o corredor, faziamos guerras de material escolar com o 1º ano, também com a prof. na reunião e iamos todos para um cubiculo da WC mijar à vez todos apertados para não sermos apanhados pela dona Fátima.Bons tempos.
No ano seguinte o meu amigo foi viver para França e eu fui para o 5ºano. Um novo capítulo virá com o resto da história. Peace brother's.


3º e último capitulo - O fim da história

Olá pessoal, vai tudo bem, se não vai também não me interessa portanto vamos lá à história aborrecida. Lá fui eu e a minha turma para o 5º ano. Mas com uma contrapartida, separaram a nossa turma! Ultraje, desastre total! Como é possível ter acontecido uma coisa daquelas!? Fiquei chateado porque ninguém me avisou disso. Se me tivessem avisado tinha ido para uma escola na Mealhada. Refeições de leitão na cantina, mas pronto, já está, já está.
A minha turma nem era muito má. Tive sorte, podia ser pior. No principio foi um bocado confuso. Pelo menos para os que não tinham chumbado. (Todos menos um acho eu). OK, ganda atrofio, na altura a escola parecia gigante e os gajos mais velhos, ou seja, todos as turmas para cima do 5ºano eram muita grandes. A gente piava fininho porque senão levávamos nos cornos dos mais velhos. No quinto ano não aconteceu muita coisa. Era sempre a mesma rotina, ir para a escola, tentar não chatear os mais velhos, bater à porta do conselho executivo e fugir, Quando alguém queria um marcador gamávamos ou da sala da secretária do funcionário, invadíamos a WC das miúdas, íamos à sala sem autorização durante os intervalos para fazermos figura de machos, ou seja, não fazíamos figura porque já éramos, e continuamos a ser. (podia haver uma excepção, podia, ninguém tinha e tem a certeza). No 6º ano é que já foi mais fixe. Erámos os mais velhos do nosso bloco, ou seja, mandávamos nos mais novos. Cena brutal. Nesse ano a gente divertiu-se bué. Tínhamos as aulas de EVT com o stor Armando e a stora Capacete, altamente. Era altamente mas os stores eram chatos pó caraças. No 2º período aconteceu uma desgraça, um grande amigo nosso foi para a escola da Golegã. Não era só um grande amigo nosso, era o que levava os moches todos. Quando se foi embora ficamos todos de luto e uma ou duas semanas sem fazer moches. Só caldeirões. A meio desse triste período veio alguém para nos alegrar.Foi a nossa DT que nos disse que vinham cá alunos de intercâmbio, ou seja, umas boazonas finlandesas e um gajo finlandês a quem chamavam o cara de supositório. Cada vez que elas passavam por nós era só assobios e bocas tipo: ''- És toda boa!!'' ''- Amo-te!'' ''- Queres namorar comigo querida?''
Mas, penso eu, já no final do 2º período o nosso amigo voltou para a nossa escola por motivos que não são da vossa conta e por sorte foi outra vez para a nossa turma. Moche memorável que fizemos quando ele chegou. Moche que ele sofreu, tamem ele tinha corpo para isso. Por volta dessa semana começou a Primavera, as maias, insecto, começaram a aparecer nas flores. Apanhamos uma grande quantidade delas que enfiamos para a sala de EVT pela janela partida. Entramos na sala e eram só bichos a rastejar no chão e nas mesas. Pusemos alguns na cabeça das miúdas e alguns, muitos, na cabeça do gajo que se foi xibar ao stor que tínhamos sido nós a por lá os bixos. Palhaço do *aralh*. Sem ofensa.
No dia seguinte ouvimos ralhete por causa do incidente do dia anterior.
Ficamos todos irritados e frustrados. Para verem a nossa indignação vou mostrar o nosso diálogo no intervalo. Pouco aconselhável para crianças com menos de dez anos.
''- Fdx, cabr** do x=y, (nome do gajo que nos lixou). Temos que lixálo.''
''- Ya, o gajo tá fodid*! Mas ké ke vamos fazer?''
''- Pá, na sei, mas tem ke ser bué marado.''
Eu acho que não aconteceu nada, mas continuo a xibar-se de nós. Javardo, coxo, bandalho, cabr**.
Bem, esse ano foi bastante infeliz para mim, pois a nossa cadela, Juba, faleceu com 14 anos, foi em Abril acho eu. Mas nos meus anos a minha mãe ofereceu-me uma Bulldog chamada Mona Lisa. Tem já um ano e pouco. Fiquei com uma caniche e e com uma Bulldog em casa. Conjunto estranho mas engraçado ao mesmo tempo.
Esse ano acabou e lá fui eu para o 7º ano. Onde estou agora. Foi nessas férias que o meu amigo voltou de França. Comecei o ano sem grandes incidentes até que um pombo caiu do telhado e ficamos com ele. É o Enfadonho, a personagem que me levou a criar este blog. Levámos o pombo para a cabana e construímos um abrigo para ele só que uns palhaços do ******* destruíram aquilo tudo. Bem, e também ofereceram uma cadela à minha mãe, uma labrador, é a Bajula, AlJuba ao contrário. Tem agora 4 meses. Durante os textos não disse o quanto eu sou musculado e o quanto faço exercicio. Ando no Karaté à mais ou menos 6, 7 anos, andei na natação, no futebol e na guitarra. Bem, chegou ao fim a história. Espero que não tenham gostado. Tchau idiotas. Ha Ha.

quinta-feira, 26 de março de 2009

A escola tá quase a acabar, finalmente as férias da Páscoa

A escola tá quase a acabar. Finalmente as Férias da Páscoa. Passar os dias no sofá a comer doces e a ver os pés a desaparecer debaixo da barriga, sim senhora, grande vidinha. Mas isso é vida de pessoa preguiçosa, eu cá não faço isso, vou-me sentar numa poltrona a ver televisão e a jogar computador, isso sim é vida.
Bem, mas enquanto estamos aqui a dizer isto já tamos outra vez quase com aulas.
Aproveito para recomendar os cereais K. Ficam no ponto depois de 48 horas de banho-maria, de 2 horas em cima de uma escalfeta e aí, só aí, é que se coloca num alguidar cheio de Fairy, Calgon, lixivia e extrume em pó. É sempre o meu pequeno-almoço completo e nutritivo nos dias de férias. Se tiver de bom humor vou à tascinha da Adélia comer uns caracóis e uns tremoços com o meu grupo de pessoas bué respeitadas e populares.
Bem, aproveitem as férias, portem-se mal, façam a cabeça às vossas avós, roubem frutas dos vizinhos, andem á porrada e empaturrem-se com doces.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Computador de nova geração que levou o Bill Gates pagar uma monstruosidade de 50,00001 euros. Neste momento não me lembro de mais nada que o faria pagar uma quantia destas.

A nossa escolinha

A nossa escola. Bem, não nos podemos queixar, pois temos o que é necessário. Há lutas entre as turmas rivais 7ºA e 7ºB e aldrabices maiores que o Pedro Proença poderia inventar nos nossos jogos de ''futebol''. A única coisa que a escola devia de ter e não tem era magalhães, mas com a crise ainda só arranjamos computadores do Noddy e umas cenas maradas chamadas livros. Se querem coboiada recomendo que votem no Bloco de Esquerda, dois dias de fetsa, caos total e depois aparece algum doidinho que endireita isto tudo. Mais três feriados, um quando eles se apoderiam disto, outro quando o Sócrates for viver para o Guam e outro na revolução para por isto como deve ser.
Pensem nisso, votadores com menos de dezoito anos. Viva o Enfadonho, nosso lider espiritual, politico e para as maluquices e estupidezes que a gente faz, e vai fazer. A nossa escola apoia totalmente este partido, se alguém disser que não é porque é a directora da escola ou algum professor ou funcionário. Fiquem.
Tá contente, pois tá, pelos vistos ele vai vender uma trotineta para o Sócrates e um triciclo para a Dr. Manuela Ferreira Leite, que já tem que ter um transporte com mais de duas rodas.

Trabalhem

Trabalhem. Não querem ficar em casa a estudar, ver documentários sobre as fezes das minhocas ou se o Sócrates vai fazer outra asneira. Façam alguma coisa de jeito. Portanto levantem-se de onde estão, bando de preguiçosos, que perdem tempo a ver blogs de gente chata como eu. Portanto façam qualquer coisa sem ser ir dormir ou ver televisão. Trabalhem catano, façam alguma coisa de jeito pá. Arrajem um pombo ou uma minhoca, ou então batam nos árbitos ou num presidente dum dos grande clubes. Eu por exemplo não sou um grande exemplo, pois estou aqui a escrever para pessoas como tu que não fazem nada. Como diz a Enfadonho '' - Eu mato-vos, arranco-vos os olhos e enfio-vos um tiro de caçadeira pela fronha, se não trabalham!!''
Eu já tenho um futuro, vou trabalhar em part-time no Mac'Donalds. Um trabalho de jeito.
Agora para gente que não quer triunfar na vida deviam ir para advogados ou uma coisa assim, tipo empresário ou então, para os mais espertos, sejam herdeiros ou então pensem em pedir em indmizações. Trabalhem, não é por mim, é pelo Zé Sócrates, que vive às vossas custas. Vá lá, ele quer mesmo aquela trotineta do Ruca, um grande senhor.

O Enfadonho no seu poleiro personalizado, cromado e brutal. Não é só um bocado de madeira. Na nossa cabana.

Enfadonho

O Enfadonho é um pombo que caiu do telhado do ginásio da nossa escola. O Coca ficou com ele, e desde aí tratamos sempre dele. Já teve na escola mais tempo que nós num dia, pois dormiu lá, ao pé da sala de EV. Teve um almoço requintado de 15 bagos de arroz e umas pingas de água.
Levámo-lo para a nossa cabana, (local confidencial), e ficámos lá a trabalhar arduamente, a construir.lhe um abrigo, enquanto ele nos gritava ''- a despachar bando de bandalhos, até eu, que sou entrevadinho fazia melhor que vocês, velhas caquéticas, vá trabalhem, bando de paspalhos.''
Eu, sinceramente, gostava mais dele no prato com arroz e molhinho, mas pronto, não se pode ter tudo. Amanhã vamos-lhe comprar um magalhães. Tem uma boa vida. És o maior Enfadonho. A próxima águia do Benfica.